Lei autoriza agendamento de consulta por telefone em postos de Tijucas

por Imprensa publicado 29/04/2022 11h55, última modificação 29/04/2022 12h00
Medida é específica para idosos, deficientes, gestantes e lactantes.

Um projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores e sancionado pelo Prefeito veio facilitar o agendamento médico para moradores de Tijucas. Pela nova regra, alguns pacientes já não precisam mais se deslocar até os postos de saúde para agendar sua consulta com o médico clínico geral, bastando o agendamento por telefone.

O atendimento está liberado para pacientes idosos, pessoas com necessidades especiais, gestantes e lactantes. Para marcar a consulta, basta que o paciente ligue para a unidade do bairro onde está cadastrado. Autora da proposta, a vereadora Nadir Amorim (PSD) explica como o atendimento aos pacientes funcionará a partir de agora. 

“Esses pacientes não precisam mais ir às UBS para solicitar um horário para consultar com profissionais das áreas de clínica geral. Se for feito o agendamento por telefone, a pessoa irá à UBS apenas no horário marcado”, comenta a vereadora Nadir. 

Segundo ela, a lei traz mais efetividade às normas que incentivam o tratamento diferenciado para idosos e deficientes. “Leis federais e estaduais, como o Estatuto do Idoso, incentivam o Legislativo a criar mecanismos para facilitar a vida dos idosos, ou seja, a legislação atual prevê a prioridade no atendimento da população acima de 60 anos, porém, nenhuma das normas em vigor diz respeito à marcação de consultas pelo Sistema Único de Saúde (SUS)”, argumento a parlamentar. 

A expectativa é que a nova forma de agendamento ofereça maior comodidade e dignidade a essas pessoas, que geralmente possuem dificuldades para se deslocar até o posto de saúde para fazer o agendamento.

Projeto & Lei

Origem: Projeto de Lei nº 48/2021 
Publicação: Lei Municipal nº 2861/2021

Por Rafael Spricigo
Jornalista | Câmara Municipal de Tijucas